sábado, 26 de febrero de 2011

Errado ou certo?

Como disse J. no post anterior, as vezes erramos...

Comprei esse vestido achando que tinha ficado maravilhoso...rsssssss, mas quando vi as fotos detestei.
Marcou demais o peito e a barriga .

O drapeado do busto ate que ficou legal...mas acho que errei feio!

Que vcs acham?



jueves, 24 de febrero de 2011

miércoles, 23 de febrero de 2011

Tentando...

A intenção foi criar um look "boho", mas achei com cara de fantasia de vaqueira!! hahahaha...
Então fui fuxicar no armário pra buscar algo sem tanta cara de carnaval e saiu assim:
Bem melhor, né? Errar faz parte! :P

Beijos,
J.


martes, 22 de febrero de 2011

Vontade de levar pra casa!



Inspirando...

Tem chuviscado nos últimos dias, mas o calor continua. Assim não vale, né?! Chuva deveria acontecer para esfriar, refrescar a cuca da gente!
Em dias assim, lutar por alguma inspiração pensando na transpiração é praticamente uma lei.

Rá! Esse primeiro look vai ser copiado hoje! hehehehe...




viernes, 18 de febrero de 2011

(para quem está) In Love IV

Daí que, né, são muitas ideias para celebrar uma união. E tá, você optou por um casamento tradicional e coisa e tal, mas nada impede que as bodas, seja lá qual for (adoro esse negócio de comemorar Bodas), não possa ser assim, bem mais leve! Quando for casar assim, me chama? Me deixa fotografar? Hahahaha, altas ideias...

Alianças pretas! Ou será tatuagem?


Uma coisa que as pessoas dizem e eu concordo é que a convidada jamais deve ir vestida de branco. Deixe essa cor para a(o) noiva/noivo e/ou as crianças.

Não esqueça de deixar claro como é o clima da festa, se é em lugar aberto, com roupa de gala, lugar gramado, de terra, salão de festas.


Essas fitas me deram uma ideia para uma festa na semana que vem... Hahahaha!


E se eu quiser casar com vestido de Laise?



Beijos,

M.

martes, 15 de febrero de 2011

Vamos conversar?

Lendo o blog da Liliana, ela fez um post-papo que me chamou a atenção no(s) seguinte(s) trecho(s):

"As pessoas não estão preparadas para não mostrarem o corpo no Brasil, para ficarem elegantes sem precisar mostrar que malharam o ano inteiro. (...) Eu sei que não rola sair vestida de Britânica que acabou de sair de Brick lane em pleno calor de 40 graus. Mas será que tem que ser sensual 24hrs? (...) Respeito a opinião de quem não curte esse tipo de roupa em si (referindo-se ao Kaftan longo que ela usa), mas parei para pensar nisso tudo quando fui super criticada ao tentar usar essa roupa na Bacutia, que para quem não sabe é o maior ajuntamento de mulheres gostosas do Espírito Santo por metro quadrado."

Achei bárbaro porque é como eu sinto a moda em certos momentos e nunca soube como verbalizar esse sentimento. Agora que vou dar início ao TCC com a temática do Jornalismo de Moda, esse é o tipo de coisa que quero pesquisar, refletir e contestar sempre.
O Brasil está longe de aceitar o que é muito diferente. Digo isso por mim também, quando percebo que estou torcendo o nariz pra certas tendências (que palavra feia!), e sinto que um dos problemas do Brasil é a sua identidade, - e o clima tropical que propicia apenas uma - a da pouca roupa, da roupa justa, dos decotes estratégicos, do corpo malhado, bumbum torneado. Temos aqui, a ideia limitada do vestir-se bem, do estar bonita e elegante.

E você, pra que lado vai?


M.

domingo, 13 de febrero de 2011

(para quem está) In love

Não liguem, eu estou influenciada pelo Valentine's Day...

"No Brasil a instituição casamento já esteve em alta e em baixa. O casamento era o bem mais desejado por qualquer moça, havendo uma mudança em 1960, com a difusão do feminismo no Brasil. Mas as alterações começam a acontecer somente após a déc. de 70 com a legalização do divórcio no Brasil. Uma outra mudança significativa se deu em 2002: onde as uniões informais estáveis passaram a ter status de casamento.
Segundo dados do IBGE em 2010, o número de uniões oficiais teve um crescimento significativo nos últimos anos, e atribui o fato ao acesso menos burocrático tanto pra casamento quanto para divórcio." (Como assim?? A pessoa já casa sabendo que é fácil se separar??? É isso??)

Eu estava numa sala de espera essa semana e havia umas mocinhas conversando, duas casadas e uma recém-saída de um namoro. Que falavam justamente desse assunto de relacionamentos (claro!)... E uma das casadas disse no final que, na opinião dela ninguém mais devia casar, e sim morar junto. Acho que concordo em parte.

Depois dessa mini-pesquisa só me resta dizer que esse papo continua.
E até resolvi fazer uma postagem diferente. De cima para baixo. Então. Vamos continuar falando sobre casamentos?!

(para quem está) In Love II

Sabe, eu sou uma curiosa em relação a casamentos diferentes. Adoro quando a festa tem realmente a cara do casal. Cada detalhe criativo, a escolha do vestido, a decoração linda, o cenário escolhido, as coisas bem fáceis de fazer e muitas vezes muito barato! (tanta foto que eu tive dificuldade de selecionar, e tô bem querendo fazer um segundo, um terceiro post... hahaha)
Nessa segunda parte compartilho um pedaço do que achei dos looks mais fofos, felizes e bonitos! Viajem comigo!



Não sei se você conseguiu observar que a maioria dos vestidos são muito simples e leves... Adoooro!